Schwarzenegger, exterminador do futuro… sombrio

Schwarzenegger, exterminador do futuro… sombrio

No Exterminador do Futuro, Arnold Scwarzenegger interpretou um cyborg que, inicialmente, vem do ano 2029 com a missão de eliminar Sarah Connor, a mãe do futuro líder da resistência dos humanos na guerra que os oporá às máquinas. No decorrer da história, e nos filmes seguintes da saga, ele passa a defender os Connors do ataque de cyborgs mais avançados que chegam com a mesma missão.

Agora governador da Califórnia, lugar onde a ficção e a realidade muitas vezes se confundem e trocam de lugar, o ex-Terminator parece querer continuar firme no seu papel de salvar-nos de um futuro incerto e ameaçador. Nesta 3ª feira, Schwarzenegger emitiu uma ordem executiva que estabelece que, até ao ano 2020, 33% da eletricidade distribuída pelas companhias fornecedoras de energia do estado terão que vir de fontes renováveis.

“Com esta ação garantimos que a Califórnia permanecerá a pioneira em energias limpas e empregos verdes” declarou Schwarzenegger em um evento especialmente organizado para o efeito em uma central solar de Sacramento.

O governador da Califórnia, sendo um político, fez o que os políticos supostamente devem fazer: tomar decisões. Esta é particularmente corajosa porque pode constituir o primeiro passo na mudança da matriz energética em uma região de grande repercussão mundial como é o estado da Califórnia. Como os interesses instalados no setor energético são muitos e poderosos, prevê-se uma reação violenta e uma batalha árdua e longa. Mas isso o Ex-terminator tira de letra.

com informações de Los Angeles Times

Compartilhe:

Comentários ( 1 )

Deixe seu comentário

O email não será publicado