Crédito verde

Crédito verde

in Arquitetura e Construção, Abril 2009, via Planeta Sustentável

(..) alguns bancos abriram financiamentos para a compra do aquecedor (solar de água) e, aos poucos, estão criando outros produtos para os clientes que desejam incorporar recursos construtivos ecológicos em seus projetos. “É uma forma de ajudar a financiar a sustentabilidade”, afirma Julio Bin, superintendente de negócios sustentáveis do Banco Real.

Os clientes corporativos ainda são maioria, mas quem está construindo ou reformando a casa também pode encontrar financiamentos com taxas até 25% menores em relação a outras cobradas no mercado. “Todo tipo de estímulo é válido”, resume Marcelo Takaoka, presidente do CBCSConselho Brasileiro de Construção Sustentável. Na outra ponta, a Caixa Econômica Federal também faz a sua parte: por meio da Ação Madeira Legal, exige o uso de madeira de origem comprovada em todos os empreendimentos que recebem dinheiro da instituição

CESTA DE PRODUTOS

Conheça algumas ofertas para construtoras, pessoas físicas e empresas:

Aquecedor solar: Correntistas do Banco Real e do Bradesco financiam a compra com taxas reduzidas em relação às de um empréstimo.

Eficiência energética e energias renováveis: Todo cliente do Real conta com crédito especial para adquirir equipamentos que utilizam energias limpas ou que economizam água e energia. No Itaú, cliente empresa tem acesso a financiamento ligado ao programa federal de apoio a projetos de eficiência energética (Proesco).

Produtos certificados: No Banco Real, é possível financiar com taxas e prazos atrativos a compra de produtos com garantia de origem ambiental e comércio justo.

Prédio verde: Construtoras e indústrias dispostas a investir em greenbuilding encontram o Giro Socioambiental, do Itaú, como opção para viabilizar o empreendimento.

Compartilhe:

Deixe seu comentário

O email não será publicado